Castração Social

projetocastracaosocial@gmail.com

Dra. Marina Dante

CRMV SC 3583 / CRMV SP 8190

(48) 3241-1567 / 99650-4039

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Blog » Cuidados simples evitam a hipertermia em gatos
Cuidados simples evitam a hipertermia em gatos

http://caesegatos.com.br/assets/uploads/noticias/hipertermia.jpg

 

Elevação da temperatura corporal do felino pode ser prejudicial

A primavera já começou no Brasil, mas as temperaturas já estão altas para o clima e o verão ainda nem chegou, até lá os termômetros podem atingir até 40°C em algumas regiões do País. Se os humanos sofrem com as altas temperaturas, os gatos podem ter hipertemia (elevação corporal) com muito mais facilidade.

“O corpo do gato não tem a mesma capacidade que o nosso de liberar calor, então, aquece-se rapidamente. A hipertemia é um problema muito grave e que poder levar o felino até a óbito”, explica a médica-veterinária da linha Equilíbrio e coordenadora da Comunicação Científica da Total Alimentos (Três Corações/MG), Bárbara Benitez.

A profissional dá algumas dicas para evitar a enfermidade nos felinos. “O tutor nunca pode deixar seu gato em lugares fechados ou abafados por muito tempo. Se ele mora em um apartamento, é preciso redes de proteção para poder manter sacadas ou janelas abertas durante sua ausência”, alerta.

Ela também cita que é essencial se certificar de que o animal tem um lugar escondido do sol para se abrigar. “A temperatura ideal do corpo de um felino está entre 37,5°C e 39,5°C, mas pode variar de acordo com o ambiente”, revela e ainda acrescenta que hidratação é essencial. “A casa sempre deve ter vasilhas de água fresca e o tutor deve manter seu felino interessado em consumi-la. Vale colocar pedras de gelo ou até instalar bebedouros fontes, pois gatos adoram água corrente”, orienta.

Segundo Bárbara, os sintomas mais comuns de hipertemia são vômitos, desorientação, cansaço, respiração intensa e aumento da frequência cardíaca. “Se em um dia de calor o tutor perceber esses sinais, deve levar o animal para um lugar ventilado, oferecer um pouco de água e refrescá-lo com uma toalha molhada. Depois, leve-o imediatamente para o veterinário”, finaliza.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

http://caesegatos.com.br/cuidados-simples-evitam-a-hipertermia-em-gatos

Projeto Castração © 2015 - 2018. Todos os direitos reservados. CNPJ: 06.972.402/0001-34.

Projeto Castração SC: Av. Gov. Jorge Lacerda, 943, Campinas, São José-SC, (48) 3241-1567 / 99650-4039
Rua Laguna, 917, Bairro Oficinas, Tubarão-SC, (48) 99650-4039.

site desenvolvido por: www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3.