Castração Social

projetocastracaosocial@gmail.com

Dra. Marina Dante

CRMV SC 3583 / CRMV SP 8190

(48) 3241-1567 / 99650-4039

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Blog » Dermatite canina na clínica de pequenos animais
Dermatite canina na clínica de pequenos animais

https://thumbs-prod.si-cdn.com/CANJ7wnOxMTG_h_Obxc0lfmRVwU=/800x600/filters:no_upscale()/https://public-media.smithsonianmag.com/filer/ae/b6/aeb64778-1dc6-4297-be3d-5b492868d1c8/42-60481235.jpg

 

Seu cão tem coceiras constantes? Manchas vermelhas e descamações? A pele está sempre irritada e algumas áreas se apresentam inflamadas? Então é melhor ligar o sinal de alerta e ficar atento, esses são sinais nítidos da dermatite canina.

Muitos cães sofrem com esse problema e deixam seus donos preocupados e sem saber quais decisões tomar.

A dermatite canina é considerada uma das doenças mais comuns e de fácil diagnóstico pelo incômodo frequente que proporciona ao animal.

O que é dermatite canina

Considerada uma das principais enfermidades na clínica de pequenos animais a dermatite em cães é um problema de pele causada por diferentes fatores e é responsável por desencadear consequências de gravidades variadas.

É um tipo de alergia que causa bastante irritação e incômodo na vida dos cachorros, e felizmente com o avanço da medicina veterinária há muitas formas de prevenção e cura. Mas merece uma atenção dos proprietários e profissionais veterinários, pois pode se apresentar de forma crônica ou temporária.

Principais causas da dermatite em cães

Muitos cães são sensíveis a determinados produtos, sejam eles químicos ou não.

E isso merece um pouco de atenção dos proprietários:

- má alimentação;

- medicação errônea;

- distúrbios psicológicos;

- estresse, baixa imunidade e genética;

- alergia a soluções de limpeza e inseticidas;

- pulgas, fungos, bactérias e carrapatos;

- perfumes, sabonetes ou até mesmo o próprio shampoo do animal.

Sinais e diagnóstico da doença

Os sinais apresentados pelos cães é a forma mais prática de diagnóstico, sendo que os exames dermatológicos são essenciais para efetivar o grau e origem da doença.

- coceira em demasia;

- pele avermelhada;

- inchaços;

- inflamações;

- manchas e bolhas;

- crostas na pele;

- descama e pele áspera;

- queda do pelo.

Tratamento da dermatite canina

O tratamento estará sempre relacionado com o agente causador e pode contar com diferentes medicações.  Na maioria das vezes é indicado shampoos, loções antissépticas e pomadas específicas de acordo com o grau e lesão da enfermidade.

A forma de prevenção também deve ser levada em consideração, sendo os cuidados com a higiene e local em que o animal vive essencial, pois muitas vezes as causas da dermatite estão vinculadas a substâncias e objetos com os quais o cachorro tem contato.

Tipos de dermatite em cães

- Dermatite alérgica: alergia e sensibilidade

- Dermatite infecciosa: fungos e bactérias

- Dermatite autoimune: reação do próprio organismo

- Dermatite psicogênica: problemas psicológicos (estresse, tédio e depressão)

A dermatologia veterinária é uma área em crescente expansão, já que casos assim são rotineiros nas clínicas e hospitais veterinários.

Sem se falar que a saúde dos nossos amiguinhos é coisa séria e merece nossa atenção até mesmo nas situações que não oferecem riscos.

 

http://www.revistaveterinaria.com.br/2017/12/05/dermatite-canina-na-clinica-de-pequenos-animais/

Projeto Castração © 2015 - 2018. Todos os direitos reservados. CNPJ: 06.972.402/0001-34.

Projeto Castração SC: Av. Gov. Jorge Lacerda, 943, Campinas, São José-SC, (48) 3241-1567 / 99650-4039
Rua Laguna, 917, Bairro Oficinas, Tubarão-SC, (48) 99650-4039.

site desenvolvido por: www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3.