Castração Social

projetocastracaosocial@gmail.com

Dra. Marina Dante

CRMV SC 3583 / CRMV SP 8190

(48) 3241-1567 / 99650-4039

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Blog » Profissional esclarece as principais dúvidas sobre o período de cio das fêmeas
Profissional esclarece as principais dúvidas sobre o período de cio das fêmeas

http://image.cachorrogato.com.br/textimages/adotar-uma-cachorra.jpg

 

O momento do cio representa uma fase que gera muitas dúvidas aos donos de animais de estimação. A definição correta para esse período é ciclo estral e ele é caracterizado por um corrimento que acontece de uma a três vezes por ano e que pode durar de quatro a nove dias.

 

A cada seis meses, em média, haverá o corrimento, mas algumas cadelas podem ter cios em períodos mais curtos por conta de alguma disfunção hormonal. Nesses casos, o médico-veterinário da Petlove, Márcio Waldman, indica uma consulta com um profissional que poderá orientar os donos sobre o problema.

 

Para facilitar os cuidados com o pet nesta fase, o especialista lista alguns cuidados importantes, como a tosa da região genital, para que o animal fique higienizado; a utilização de uma fralda, para evitar que caminhas e sofás fiquem manchados e, caso os donos sintam necessidade, o uso de um anticéptico suave também é recomendado.

 

Mas, se o tutor deseja cruzar a sua cadela, o indicado é esperar alguns dias após o início do corrimento, segundo Waldman, pois, diferentemente do que ocorre com mulheres, a ovulação nas cadelas ocorre apenas alguns dias depois da liberação do fluxo. “Por isso, é normal que a fêmea rejeite o macho neste período e só dê espaço a ele no fim do ciclo”, explica.

 

Outra coisa diferente do ciclo humano são os incômodos. “O que pode acontecer é essa fase hormonal ser tão marcante a ponto de elas desenvolverem uma gravidez psicológica. Portanto, é preciso ficar atento ao comportamento do seu pet cerca de 60 dias após o ciclo”, alerta. Caso a fêmea comece cuidar excessivamente de algum brinquedo e produzir leite, isso pode indicar uma gravidez psicológica. “É importante visitar um médico-veterinário, pois ele fará exames e indicará o tratamento adequado para o animal. Esse quadro pode gerar algumas consequências e uma delas é uma possível infecção devido ao acúmulo de leite”, expõe.

 

Além disso, Waldman aconselha a, após o primeiro ciclo, que acontece por volta dos seis meses, realizar uma visita a um profissional que poderá passar mais orientações.

 

http://www.caesegatos.com.br/profissional-esclarece-as-principais-duvidas-sobre-o-periodo-de-cio-das-femeas/

Projeto Castração © 2015 - 2018. Todos os direitos reservados. CNPJ: 06.972.402/0001-34.

Projeto Castração SC: Av. Gov. Jorge Lacerda, 943, Campinas, São José-SC, (48) 3241-1567 / 99650-4039
Rua Laguna, 917, Bairro Oficinas, Tubarão-SC, (48) 99650-4039.

site desenvolvido por: www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3.