Castração Social

projetocastracaosocial@gmail.com

Dra. Marina Dante

CRMV SC 3583 / CRMV SP 8190

(48) 3241-1567 / 99650-4039

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Blog » Fase de troca de ração dos pets deve ser acompanhada por um médico-veterinário
Fase de troca de ração dos pets deve ser acompanhada por um médico-veterinário

http://poracaso.com/wp-content/uploads/2016/03/ra%C3%A7%C3%B5es-coloridas-mal.jpg

 

É comum sair para comprar a ração do animal de estimação e encontrar uma infinidade de opções que acabam por levantar dúvidas em relação a qual é a mais indicada para o pet. O que deve ser levado em consideração é a certeza de que comprará um alimento completo para o animal, respeitando a idade, como também o porte do animal.

 

Essa importância é relevante para fortalecer as necessidades calóricas e nutritivas do pet, uma vez que se diferenciam de um animal filhote para adulto. Quando pequeno, a ração deve ser composta por suplementos nutritivos e calorias específicas. Porém, esses mesmos ingredientes podem causar obesidade e outros problemas ao animal que permanecer com tal alimentação em sua fase adulta.

 

De acordo com o médico-veterinário da Equilíbrio e gerente Técnico Nacional da Total Alimentos (Três Corações/MG), Marcello Machado,  um cão de pequeno porte amadurece entre os dez e 12 meses de vida, enquanto os animais de raça média levam um ano e as raças grandes demoram 16 meses para atingirem a fase adulta. Para os gatos, o critério é parecido; até 12 meses de vida são considerados filhotes.

 

O profissional recomenda que o tutor consulte um médico-veterinário antes de realizar a troca de ração, pois os pets se diferem em particularidades de raças e tamanhos, por isso, os valores nutricionais devem seguir a rotina de amadurecimento do animal.

 

Quando filhotes, a alimentação deve ocorrer de três a quatro vezes ao dia, sendo essa quantidade reduzida conforme o crescimento do pet. É por isso que, quando chegar à fase adulta, a ração deve ser trocada. Um animal de estimação adulto come, ao menos, duas vezes ao dia. “Outro ponto muito importante que deve ser lembrado pelos tutores é em relação aos cães e gatos com mais de sete anos, tendo em vista que a alimentação deve ser diferenciada e específica para os pets que se enquadram na categoria mature. É fundamental, pois além de ser balanceada e completa, mantém a saúde do animal”, frisa.

 

Segundo ele, a ração deve ser da melhor qualidade, pois, assim, o tutor terá a certeza de que o animal estará ingerindo algo saudável e que condiz com suas necessidades nutricionais. “As opções Super Premium são produzidas a partir da proteína animal, colaborando com a digestão e absorção de nutrientes com alta digestibilidade, bem como maior aproveitamento da proteína”, afirma e completa que outro ponto alto das rações Super Premium são os ingredientes, uma vez que são nutracêuticos e acabam promovendo mais saúde e vitalidade para o animal.

 

Machado conta que a linha Equilíbrio possui rações para cães e gatos Super Premium que, além de garantir a vitalidade da saúde do animal, possui extratos diferenciados que promovem o bom desempenho do organismo do pet. Um deles é o extrato de Yucca Schidigera, responsável pela redução do odor das fezes, sendo também uma alternativa de fibra que auxilia no trânsito intestinal do cão e/ou gato.

 

http://www.caesegatos.com.br/fase-de-troca-de-racao-dos-pets-deve-ser-acompanhada-por-um-medico-veterinario/

Projeto Castração © 2015 - 2018. Todos os direitos reservados. CNPJ: 06.972.402/0001-34.

Projeto Castração SC: Av. Gov. Jorge Lacerda, 943, Campinas, São José-SC, (48) 3241-1567 / 99650-4039
Rua Laguna, 917, Bairro Oficinas, Tubarão-SC, (48) 99650-4039.

site desenvolvido por: www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3.